Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Militar do Exército que fiscalizava armas é preso por desvio de armas

Equipe BR Político

O tenente-coronel Alexandre de Almeida, ex-chefe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados 1ª Região Militar do Exército, foi preso na terça, 23, por participação em esquema de desvio de armas, informa O Globo. Segundo o inquérito policial-militar, Alexandre de Almeida repassava armas ao Guerreiros Escola de Tiro e Comércio de Armas, de Serra (ES), por intermédio do irmão do oficial, Rafael Felipe de Almeida, diz a publicação. Um dos sócios da loja, no entanto, declarou ao Globo que foi enganado com a versão do tenente-coronel de que as armas repassadas eram de colecionadores.

“Ele (Alexandre de Almeida) não se importou muito com o valor porque queria até doar essas armas. Deixou para a gente avaliar. As armas estavam sujas, velhas, a gente limpou, tratou. E falamos o valor que poderíamos pagar e a forma de pagar. No meio do caminho, a gente desconfiou e, no final da história, fomos entender que esse colecionador nem existe. Foi criada uma história para a gente comprar. A gente comprou o negócio de boa-fé e está dando esse problema para a gente. Não temos nada a esconder”, disse Leonardo Loureiro de Souza ao jornal.

Tudo o que sabemos sobre:

ArmasAlexandre de Almeidaexércitofraude