Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministério da Saúde diz que Brasil fez 189 mil testes de covid-19

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Com 3.313 mortes registradas no País pela covid-19, o Ministério da Saúde informou na noite de quarta, 22, que o Brasil realizou, até o dia 20, 189.080 exames do painel viral (vírus respiratórios diversos) para investigação de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em que se busca identificar a covid-19, as influenzas, vírus sincicial e outros vírus respiratórios. Destes, 132.467 foram específicos para covid-19. Os testes para coronavírus começaram a ser realizados a partir de 16 de fevereiro em laboratórios públicos e privados. O número de mortes provocadas pela doença no Brasil tem dobrado a cada cinco dias. Nos Estados Unidos, essa duplicação ocorre a cada seis dias, e na Itália e na Espanha, a cada oito.

Número de mortes provocadas pela doença no Brasil tem dobrado a cada cinco dias

Número de mortes provocadas pela doença no Brasil tem dobrado a cada cinco dias Foto: Gabriela Biló/Estadão

A pasta informa também que adquiriu 10 milhões de testes RT-PCR (biologia molecular) via Fundo Estratégico da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), mas que o primeiro lote, com 500 mil testes, chegou ontem ao Brasil. O restante dos testes chegará de forma escalonada, sendo cerca de 500 mil por semana. Esses testes foram produzidos pelo laboratório Seegene, da República da Coreia.

Segundo acrescenta a pasta, foram distribuídos cerca de 2,5 milhões de testes para diagnóstico da doença em todo o País. Desse total, 524.536 mil são testes RT-PCR (biologia molecular) e 2 milhões são testes rápidos (sorologia). Nesta semana, o ministério, diz, ampliou de 23,9 milhões para 46,2 milhões a previsão de aquisição de testes, seja por compras diretas ou por meio de doações.