Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministério da Saúde libera cloroquina para todos pacientes com covid-19

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia depois de o Brasil registrar recorde no número de mortes em decorrência do novo coronavírus, o Ministério da Saúde atualizou nesta quarta-feira, 20, o protocolo para o uso da cloroquina em pacientes com covid-19. O ministro-interino da pasta, Eduardo Pazuello, liberou a prescrição do medicamento desde os primeiros sinais da doença causada pelo coronavírus, mesmo que ainda não tenha sido comprovada a eficácia da droga para este tipo de tratamento.

O ministro-interino da Saúde, Eduardo Pazuello

O ministro-interino da Saúde, Eduardo Pazuello Foto: Joédson Alves/EFE

“Os critérios clínicos para início do tratamento em qualquer fase da doença não excluem a necessidade de confirmação laboratorial e radiológico”, diz o documento do Ministério da Saúde. Até então, o protocolo do Ministério da Saúde era mais cauteloso e seguia o que dizem sociedades científicas.

A pressão do presidente Jair Bolsonaro pela mudança no protocolo de uso da cloroquina motivou a queda dois dois últimos ministros da Saúde: Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.