Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Ministério da Saúde vai centralizar distribuição de vacina, diz governador

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou nesta tarde de sexta, 11, que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, lhe informou que será editada uma medida provisória para estabelecer a centralidade do governo federal na distribuição igualitária das vacinas contra o novo coronavírus no território nacional.

Foto: Werther Santana/Estadão

Isso na semana em que o governo federal reagiu contra o governo de São Paulo, que anunciou o início da produção da Coronavac no País, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã. O calendário do governador João Doria (PSDB) prevê o começo da vacinação para 25 de janeiro.

“O ministro Pazuello me informou que será editada uma Medida Provisória que vai tratar dessa centralização e distribuição igualitária das vacinas. Toda e qualquer vacina certificada que for produzida ou importada será requisitada pelo Ministério da Saúde”, escreveu.

“Toda e qualquer vacina registrada, produzida ou importada no País será requisitada, centralizada e distribuída aos Estados pelo Ministério da Saúde. Pazuello me informou isso aqui em Goiânia, hoje. Nenhum estado vai fazer politicagem e escolher quem vai viver ou morrer de Covid”, acrescentou.