Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Ministério das Comunicações entra com tudo na briga pelo voto impresso

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Com Jair Bolsonaro insistindo na tese de que o Brasil precisa ter voto impresso, o Ministério das Comunicações, chefiado pelo ministro Fábio Faria, entrou na briga ao lado do presidente. No Twitter do ministro, foi divulgada nesta sexta-feira, 4, uma peça de propaganda em defesa da medida. “Esclarecendo o que é o voto impresso sugerido pelo presidente e para acabar de vez com as narrativas de que seria um retrocesso ou facilitaria a compra de votos.”

A peça mostra Bolsonaro defendendo o voto impresso, declarado já inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal. Ainda há uma explicação dizendo que a medida não seria um retrocesso e que “apenas” 7% das urnas eletrônicas, distribuidas de maneira aleatória, teriam a impressão como forma de “dupla verificação” do voto.