Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministério de DH diz estar à disposição de vítimas

Equipe BR Político

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos publicou uma nota nesta tarde de quarta, 10, sobre os 80 tiros disparados por militares contra o veículo de uma família no Rio de Janeiro, matando o músico Evaldo Rosa dos Santos, de 46 anos. O texto não lamenta o fato, que também culminou na prisão dos 10 militares do Exército envolvidos na morte do música, mas diz que a pasta “acompanha o caso e que está à disposição” das vítimas e familiares. Veja a íntegra da nota abaixo:

Sobre o episódio em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ), que culminou na morte de Evaldo dos Santos Rosa, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos informa que acompanha o caso e que está à disposição para, em conjunto com as autoridades locais, prestar apoio às outras vítimas e familiares.

 O Ministério confia na plena independência da Justiça Militar, referência neste país, para apurar os fatos e tomar as medidas legais que considerar necessárias

Tudo o que sabemos sobre:

80 tirosexército