Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Ministro da Justiça: ‘Não haverá motivos para haver uma nova Lava Jato’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O ministro da Justiça, André Mendonça, voltou a falar sobre a desnecessidade de haver uma nova Lava Jato no País. Numa sequência de elogios ao governo, o ministro bateu bumbo a favor de Jair Bolsonaro. Também procurou minimizar a ação da Lava Jato, liderada por Sérgio Moro, hoje crítico ferrenho do presidente, a quem acusou de tentar interferir politicamente na Polícia Federal.

“O presidente montou uma equipe ministerial pensada para não haver corrupção em seu governo. Prevenir é o melhor remédio!!! A Lava-Jato existiu basicamente por ilícitos praticados na Petrobras. Bolsonaro nomeou como Ministro de Minas e Energia um Almirante extremamente competente e honesto”, começou a enumerar o ministro nas suas redes sociais.

“CGU, AGU e PF têm autonomia para atuar no combate à corrupção. Neste ano (após maio), a PF fez as maiores apreensões de dinheiro no combate à corrupção e ao tráfico”, prosseguiu.

E apresentou suas “conclusões lógicas”: No governo Bolsonaro não haverá motivos para haver uma nova Lava-Jato. O governo Bolsonaro está comprometido com o combate à corrupção e ao crime organizado. O resto, como se diz, é resto!”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Lava Jato