Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministro diz que nova tabela de frete será revogada

Equipe BR Político

Apenas dois dias depois de entrar em vigor, a nova tabela de fretes deve ser revogada. De acordo com mensagem enviada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, a caminhoneiros, o governo vai voltar atrás na decisão. Divulgada na quinta-feira, 18, e valendo desde sábado, 20, a medida desagradou a categoria e desencadeou uma paralisação já iniciada parcialmente nesta segunda-feira, 22. “A ideia é reavaliar a tabela. Mas nós somos humanos, temos nossos limites, a gente erra também”, diz Tarcísio a um caminhoneiro.

“A ideia é fazer uma revogação aí, para que a gente possa voltar a conversar num ambiente de tranquilidade para construir uma solução.”  O ministro disse que vai dialogar com a ANTT e que a revogação pode sair entre esta segunda e terça-feira “para ganhar tempo”. Na última sexta, o presidente Jair Bolsonaro disse não acreditar em uma nova paralisação dos caminhoneiros o impacto seria muito alto na economia do País. Os caminhoneiros esperam fazer uma reunião de negociação com o governo na quarta-feira, de acordo com o Estadão.