Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ex-candidata acusa ministro do Turismo por laranjal

Equipe BR Político

Uma integrante do PSL de Minas Gerais denunciou, ainda em setembro do ano passado, ao Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais, o hoje ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, dizendo que ele a convidou para ser candidata-laranja a deputada estadual com o compromisso de devolver parte dos recursos do fundo eleitoral para o partido. A denúncia, a primeira a implicar o ministro pessoalmente, foi obtida pela Folha, que publica nesta quinta-feira reportagem sobre o caso.

“Eu não entendia de nada, eles que fizeram tudo [para registrar a candidatura], eu não tirei uma certidão minha, eles tiraram por lá, eu só enviei meu documento e eles fizeram tudo. Acredito, sim, que fui mais uma candidata-laranja, porque assinei toda a documentação que era necessária e não tive conhecimento de nada que eu estava fazendo (…) Fui usada, a minha candidatura foi usada para fazer parte de uma lavagem de dinheiro do partido”, afirmou Zuleide ao jornal. O ministro disse não se lembrar do encontro com Zuleide, em 11 de setembro.