Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministro do STJ: ‘Você não quer mais o Estado para nada’

Equipe BR Político

O ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça, é muito explícito na defesa das leis que governam o mercado. Há dez anos atuando no setor do direito privado, ou seja, desde 2009, um ano após a crise de 2008 embaralhar fontes privadas e públicas do capital, Salomão disse ao Valor que “você não quer mais o Estado para nada”.

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Luis Felipe Salomão, em seu gabinete de trabalho

Luis Felipe Salomão. Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Você não quer mais o Estado para nada. Já tem Estado demais. Você já sofre fiscalização na atividade empresarial, paga tributos, desconta do salário. Tem vigília demais. Você quer menos”, disse o ministro da Corte encarregada de assegurar uniformidade à interpretação da legislação federal.

Sobre as agências reguladoras, Salomão segue seu raciocínio, classificando-as de entraves à economia. O Estado empresarial é isso: “A lei procura tirar o Estado da atividade privada. Em um regime capitalista como o brasileiro, todo mundo sai ganhando: o banco empresta mais, a taxa de juros diminui, o emprego vem, a atividade econômica flui, o Judiciário trabalha melhor”, resume Salomão.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Luis Felipe SalomãoSTJEconomiamercado