Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Molon: ‘Bolsonaro mente para tentar se apropriar de uma vitória do Parlamento’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O líder do PSB na Câmara, deputado Alessandro Molon (RJ), criticou a publicação do presidente Jair Bolsonaro em que o chefe do Executivo tenta atribuir a aprovação do Fundeb ao seu governo nesta quarta-feira, 22. “Mais uma vez, Bolsonaro mente p/ tentar se apropriar de uma vitória da Educação e do Parlamento. O governo fez de tudo p/ adiar o Fundeb e retirar dinheiro do Fundo. Até tentou barrar a votação na Câmara. Educação nunca foi prioridade p/ eles!Como dizem: tudo nesse governo é fake”, escreveu o deputado nas redes sociais.

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ)

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) Foto: Dida Sampaio/Estadão

A PEC que renova o fundo foi aprovada na noite da terça em dois turnos na Câmara dos Deputados com o texto integral da relatora e impôs derrota ao governo. Ausente da maior parte das discussões da PEC, o governo tentou de última hora propor uma medida que o permitiria usar parte da contribuição da União ao Fundeb para integrar o Renda Brasil, programa de transferência de renda que a equipe econômica está preparando. A ideia, criticada por educadores por diminuir o recurso a escolas, não pegou e a relatora deixou a propsota de fora. 

Na manhã desta quarta, Bolsonaro e o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Edurado Ramos, tentaram atribuir ao governo a aprovação do fundo e faturar com a medida que renova a principal fonte de financiamento da educação básica no País. “Um Governo que faz na Educação. Transformamos o FUNDEB em PERMANENTE, aumentamos os RECURSOS e o colocamos na CONSTITUIÇÃO”, escreveu o presidente nas redes sociais.