Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Molon quer investigação por ajuda do Itamaraty em viagem de Weintraub

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), prometeu entrar com uma representação no Ministério Público para que se investigue a atuação do Ministério das Relações Exteriores na saída de Abraham Weintraub do Brasil. “No mesmo dia em que anunciou sua saída do ministério, Weintraub pediu e teve a fuga pra os EUA facilitada pelo MRE. Inadmissível”, disse Molon. “Estou entrando com representação para que o MP investigue esse absurdo.”

Na tarde desta segunda-feira, 27, o Itamaraty admitiu que intercedeu para facilitar a entrada do ex-ministro da Educação nos Estados Unidos. “Na ocasião, o senhor Weintraub apresentou carta, datada de 17 de junho de 2020, pela qual o Ministério da Economia informava o Banco Mundial sobre a indicação, e solicitou os bons ofícios do Ministério das Relações Exteriores para requerer visto de entrada nos Estados Unidos”, disse a pasta em resposta à Folha

Weintraub deixou o cargo no Ministério da Educação em meio a uma investigação do Supremo Tribunal Federal por sua fala em reunião ministerial do dia 22 de abril. Na ocasião, Weintraub disse que gostaria de “prender todos esses vagabundos”, a “começar pelos do STF”.

Tudo o que sabemos sobre:

Alessandro MolonAbraham Weintraub