Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moraes diz que inquérito é sobre ameaças

Equipe BR Político

Em Portugal, o ministro Alexandre de Moraes fez defesa nesta segunda, 22, do inquérito que investiga ofensas e ameaças a integrantes da Suprema Corte, na primeira reação do relator do caso após a enxurrada de críticas contra o inquérito aberto por Dias Toffoli. “O que se apura, o que se investiga não são críticas, não são ofensas. Até porque isso é muito pouco para que o Supremo precisasse investigar. O que se investiga são ameaças graves feitas, inclusive, na deep web, como foi já investigado pelo próprio ministério público de São Paulo”, acrescentou. “É um verdadeiro sistema que vem se montando para retirar credibilidade das instituições”, continuou, segundo informa o Estadão.

Sobre o fato de a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ter batido de frente com o STF, Moraes preferiu a diplomacia. “A doutora Raquel Dodge tem a sua opinião. É lícito que o Ministério Público tenha sua opinião”, disse ele, acrescentando que o “Judiciário não precisa concordar com as posições do MP. Até porque, e isso é importante ressaltar e constou em minha decisão, não necessariamente os crimes a serem investigados, os fatos a serem punidos serão de atribuição da PGR”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Alexandre de MoraesSTF