Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Morales na posse de Bolsonaro

Equipe BR Político

A posse do presidente eleito pode não ter nenhum representante da Venezuela, de Cuba, nem da Nicarágua, mas Evo Morales, um dos grandes aliados da chamada “esquerda bolivariana” estará presente. De acordo com o jornal O Globo, a embaixada boliviana no Brasil confirmou que o o presidente estará em Brasília no dia 1º de janeiro, junto de seu ministro das relações exteriores.

Já outros líderes de esquerda da América Latina, como Nicolás Maduro, o cubano Miguel Díaz-Canel e o Daniel Ortega, da Nicarágua, foram “desconvidados” pelo futuro chanceler do Itamaraty, Ernesto Araújo.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroEvo Morales