Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moreira diz que não colocará ‘convicções’ em relatório

Equipe BR Político

O relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, Samuel Moreira (PSDB-SP), ficou numa saia-justa nesta segunda, 3, em São Paulo, ao participar de uma coletiva convocada por João Doria (PSDB-SP) ao lado de outros dois governadores tucanos. Por um lado, Moreira sofre forte pressão dos deputados, em Brasília, para retirar os Estados e municípios da reforma da Previdência. Por outro, dos governadores que não querem ouvir falar de desvinculação. O déficit dos Estados com aposentadoria e pensão dos servidores, no entanto, hoje é de cerca de R$ 100 bilhões por ano, com tendência de quadruplicar até 2060, caso nada seja feito, segundo o Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado.

Moreira se viu obrigado, assim, a distinguir sua posição pessoal da de relator. “Não faz sentido nós resolvermos a Previdência e deixarmos os Estados e municípios de lado. Essa é a minha convicção desde o início, mas nós respeitamos a manifestação do parlamento. Os deputados têm autonomia, vão votar com a própria consciência. Nós não estamos aqui para colocar no relatório as nossas convicções. Estamos num processo de entendimento”, observou o tucano.

Tudo o que sabemos sobre:

Samuel MoreiraprevidênciaEstados