Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro autoriza volta de brasileiros confinados em cruzeiro; veja condições

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou nesta sexta-feira, 3, o desembarque de 41 brasileiros e 58 estrangeiros de países latinos que estavam confinados durante mais de 30 dias no cruzeiro “Celebrity Eclipse“, da empresa Royal Caribbean, que aportou na cidade de San Diego, Estados Unidos, em 30 de março de 2020.

O ministro Sérgio Moro. Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os estrangeiros latinos que fazem parte do grupo ficarão hospedados em um mesmo hotel e, depois, serão encaminhados a seus países. O ministro vetou a chegada de suspeitos de coronavírus.

“No desembarque do navio, todos os passageiros serão submetidos a exames clínicos pelas autoridades sanitárias de San Diego e só serão autorizados a desembarcar aqueles saudáveis e assintomáticos. A empresa Royal Caribbean, operadora do cruzeiro, já contratou voo charter com destino a Guarulhos, com parada prevista para amanhã, 3 de abril, às 11h00, horário de San Diego, 15h00, horário de Brasília”, diz ofício do ministério.

Veja abaixo quais são as condições dadas por Moro para autorizar a entrada do grupo no País:

a) vedação da vinda de infectados ou de suspeitos de infecção por coronavírus (tripulação e passageiros);
b) retorno da tripulação do modo informado, após o pernoite;
c) recebimento, se possível com antecedência, da lista de nomes dos repatriados e domicílio/
d) recolhimento e manutenção dos estrangeiros em um mesmo hotel, sob quarentena, até que seja viável a sua repatriação, às expensas da empresa, conforme compromisso assumido.