por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro: ‘Caixa 2 não é corrupção’

Equipe BR Político

Crítico até dois anos atrás de argumentos dos que tentavam diferenciar a corrupção para benefício pessoal e para financiamento de eleições, conforme o Estadão, o ministro Sérgio Moro (Justiça) se mostrou mais flexível nesta terça, 19, ao admitir que o governo cedeu a pedidos de parlamentares e separou a criminalização do caixa 2 do pacote de propostas legislativas anticrime. “Caixa 2 não é corrupção. Existe o crime de corrupção e o crime de caixa 2. Os dois crimes são graves”, disse.

“Houve reclamações por parte de agentes políticos de que o caixa 2 é um crime grave, mas não tem a mesma gravidade corrupção, que crime organizado e crimes violentos. Então, nós acabamos optando por colocar a criminalização num projeto à parte, mas que está sendo encaminhado neste momento. Foi o governo ouvindo as reclamações razoáveis dos parlamentares quanto a esse ponto e simplesmente adotando uma estratégia diferente. Mas os projetos serão apresentados ao mesmo tempo”, justificou o titular da Justiça sobre o fatiamento revelado pelo Estadão nesta terça.

 

Tudo o que sabemos sobre:

sergio morocorrupçãocaixa 2