Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro de olho nas mudanças no BC

Gustavo Zucchi

O ministro da Justiça, Sergio Moro, que parecia “meio lá, meio cá” com a consulta pública proposta pelo Banco Central que poderia excluir parentes de políticos da lista obrigatória de monitoramento das entidades financeiras, decidiu criar um grupo de trabalho em sua pasta para examinar a questão e formular sugestões para o BC no que diz respeito a mudanças nas regras de prevenção da lavagem de dinheiro.

A ação foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 29. O grupo será composto por representantes do Coaf, do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça e da Polícia Federal.

Tudo o que sabemos sobre:

sergio moroBanco Centralcoaf