Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro diz que STF agiu para ‘aprimorar as leis anticorrupção’

Equipe BR Político

No mesmo dia em que novos diálogos da Vaza Jato envolvendo o então juiz, hoje ministro da Justiça, Sergio Moro, foram divulgados, na manhã desta sexta-feira, 5, Moro afirmou que governos anteriores falharam, diante de notícias sobre corrupção, ao não aprimorar as leis anticorrupção. “Quem acabou fazendo isso foram as cortes de Justiça, primeiro com os casos individuais”. Diante desse pano de fundo, o STF tomou algumas decisões importantes, com “reformas quase que legislativas”, como a permissão de prisão após decisão em segunda instância.

“O STF usou o regimento geral no enfrentamento da corrupção, como a prisão em segunda instância. Claro que existem nuances, mas isso tem que depender de prova”, disse o ministro durante evento organizado pela XP Investimentos, em São Paulo. Segundo ele, se não fosse permitido prisão em segunda instância em alguns casos, alguns processos “não teriam fim”. “A decisão do Supremo foi importante e mudou o País de patamar. Deu ao Brasil a possibilidade de ter processos eficazes contra a corrupção”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

sergio moroSTFcorrupçãoanticorrupção