Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro e generais apoiam lista tríplice para PRG

Equipe BR Político

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e militares do alto escalão do governo tendem a apoiar que o próximo procurador-geral da República seja escolhido por meio da lista tríplice. Neste ano, mais de dez nomes estão concorrendo como sucessores de Raquel Dodge. Segundo informações d’O Globo, Moro e os generais Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, e Carlos Alberto do Santos Cruz, ministro da Secretaria de Governo, formam grupo prefere uma escolha mais racional e menos personalista. Os ministros da Advocacia-Geral da União (AGU), André Luiz Mendonça, e da Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário, têm interesse em participar da disputa e estariam mais afinados com o grupo de Moro.

Os nomes mais fortes para integrarem a lista tríplice são os procuradores regionais Vladimir Aras, Lauro Cardoso e Blal Dalloul. Outros nomes devem concorrer por fora da lista. Um nome popular entre os apoiadores do ideólogo Olavo de Carvalho é o procurador da República em Goiás  Ailton Benedito, que é abertamente conservador. Ainda não está definido se Dodge concorrerá à reeleição. A atual procuradora-geral teria perdido apoio interno. Independentemente da forma como for escolhido, o que já se sabe é que o próximo procurador-geral terá que se posicionar com relação a medidas polêmicas, como flexibilização do porte de armas e corte de verbas de universidades federais.