Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro elogia ‘pronunciamento conciliador’ de Bolsonaro

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Alinhado à corrente do governo que defende o isolamento social no combate ao coronavírus, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou sua conta no Twitter para cumprimentar Jair Bolsonaro “pelo pronunciamento conciliador”. Ao contrário de todas as suas falas anteriores, o presidente, dessa vez, adotou um tom bem mais moderado, sem reduzir a proporção da doença, ainda que tenha distorcido completamente a fala do diretor-presidente da OMS, Tedros Ghebrayesus, dando a entender que ele apoiava a redução do isolamento, o que não é verdade.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro Foto: Adriano Machado/Reuters

“Parabéns ao presidente Jair Bolsonaro pelo pronunciamento conciliador. Isolamento e distanciamento social – fique em casa se puder – com medidas para proteger empresas, renda e emprego e para ampliação da estrutura de saúde.Dessa forma, venceremos essa crise o mais rápido possível. Juntos”, escreveu Moro.

O cumprimento público feito por Moro pode ajudar a reduzir o mal-estar formado entre ele e o presidente. Nos bastidores, Bolsonaro tem se queixado a interlocutores da falta de apoio recebido do ministro na sua defesa da tese da redução do isolamento. Por outro lado, o ministro se alinhou à posição defendida pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pró-isolamento.