Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro em campanha pela tramitação do pacote

Equipe BR Político

Com o adiamento da tramitação do pacote de medidas anticrime, o ministro da Justiça, Sergio Moro, aproveitou o lançamento da Frente Parlamentar de Segurança, a chamada Bancada da Bala, para insistir na celeridade no andamento do projeto. “Vou conversar respeitosamente com o presidente da Casa (Rodrigo Maia, DEM-RJ)”, disse Moro. O ministro foi para o evento, realizado no Salão Negro do Congresso, direto da viagem aos Estados Unidos.

Maia adiou a tramitação do projeto enviado por Moro ao Congresso e disse que o pacote só deve entrar na pauta após a aprovação da Nova Previdência. Um grupo de cinco parlamentares foi criado para discutir a proposta até lá. Na avaliação de Moro, seu pacote poderia tramitar em conjunto com a Previdência, sem prejuízos. Ele pediu que o Congresso dê atenção ao tema, que é um “assunto fundamental” e que foi amplamente debatido durante as eleições, informou o Broadcast Político.