Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro pede à PGR investigação contra Santa Cruz

Equipe BR Político

Em ofício enviado à Procuradoria-Geral da República, o ministro Sergio Moro (Justiça) pediu abertura de investigação contra o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, por suposto crime de calúnia, injúria e difamação. No último dia 26, o advogado declarou à Folha que Moro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas” em referência às investigações  da Polícia Federal contra o hacker que invadiu celulares de políticos e autoridades.

“Atribuir falsamente ao Ministro da Justiça e Segurança Pública a condição de chefe de quadrilha configura em tese o crime de calúnia do art. 138 do Código Penal. Ainda afirma que o subscritor teria tido acesso a mensagens (“conversas”) de autoridades vítimas de hackeamento, fato que não é verdadeiro, o que também pode configurar crime contra a honra, como difamação”, escreveu o titular da Justiça em documento à procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A PGR informou que o ofício foi enviado à Procuradoria da República no Distrito Federal.