Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Moro pediu ‘pensão’ para família como condição para aceitar cargo

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Sérgio Moro afirmou que uma das condições para que aceitasse o cargo de comando do Ministério da Justiça, nunca antes revelada, era que o presidente Jair Bolsonaro lhe concedesse uma “pensão” para que sua família “não ficasse desamparada”, caso, de alguma maneira, ocorresse algum percalço inesperado, uma vez que Moro abandonaria “22 anos de magistratura”. “Foi uma única condição”, disse ele em pronunciamento de demissão do cargo nesta manhã de sexta, 24.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou que essa “condição” foi um ato ilegal. “Moro, infelizmente, confessa mais uma ilegalidade: pediu pensão ou algo similar pra aceitar um cargo em comissão. Algo nunca antes visto na história. E tal condição foi aceita? Não posso deixar de registrar o espanto”, escreveu o ex-magistrado em seu Facebook.

Tudo o que sabemos sobre:

sergio moropensão