Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Moro rebate crítica à Constituição: ‘O que dificultou governabilidade foi corrupção’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro rebateu ataques à Constituição brasileira impulsionados pelo plebiscito que aprovou mudança constitucional no Chile nesta segunda-feira, 26. “O que dificultou a governabilidade do Brasil nos últimos anos foi a corrupção desenfreada e a irresponsabilidade fiscal, não a Constituição de 1988 nem a Justiça ou o MP”, afirmou nas redes sociais.

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro Foto: Gabriela Biló/Estadão

Mais cedo, o líder do governo na Câmara Ricardo Barros (PP-PR) aproveitou o movimento chileno para criticar a Constituição do Brasil e sugerir sua reforma com o argumento de que a carta “tornou o país ingovernável”. “Como disse o (José) Sarney. Devemos fazer um plebiscito, como fez o Chile. É hora de repensar. Reformar a Constituição, que não está dando condições de governar a longo prazo”, afirmou o deputado.