Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão cobra celeridade para votar reforma tributária

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O vice-presidente Hamilton Mourão pediu pressa aos congressistas para colocar na pauta o debate da reforma tributária, emperrado no Congresso em razão da pandemia do novo coronavírus, para votação ainda em 2020. “Nosso sistema tributário é extremamente regressivo e penaliza o pessoal mais necessitado até pequenas e micro empresas que são grandes geradoras de empregos”, afirmou Mourão durante videoconferência realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg).

O vice-presidente Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Segundo ele, é preciso até fazer um “mea-culpa” pelo atraso da discussão.”Temos que fazer o mea culpa, porque desde a campanha eleitoral fizemos o discurso de que iríamos garantir maior liberdade de empreendimento e a redução da carga tributária. Ou pelo menos uma reforma inicial que permitisse um sistema amigável de tributos sem ser tão regressivo quanto é hoje”, disse Mourão.

Na mesma toada, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também defendeu hoje que o texto seja votado o quanto antes.

Tudo o que sabemos sobre:

Reforma tributáriaHamilton Mourão