Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão fala em ‘avanço de ilegalidades’ na Amazônia

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, reconheceu nesta quarta-feira, 15, em discurso na abertura da segunda reunião do Conselho da Amazônia, que o governo vive um momento de “pressão” em relação ao combate às queimadas e do desmatamento na região.

O vice-presidente, Hamilton Mourão

O vice-presidente, Hamilton Mourão Foto: Dida Sampaio/Estadão

“Vivemos um momento de pressão em relação ao avanço das ilegalidades, notadamente o desmatamento e a questão das queimadas, mas deixamos muito claro o compromisso do nosso governo, o governo do presidente Jair Bolsonaro, de não aceitar que essas ilegalidades prosperem”, disse Mourão aos ministros.

Após sinais de boicote aos produtos brasileiros, principalmente de países europeus, em reação aos altos índices de queimada na Amazônia, semana passada, o vice teve reuniões com investidores estrangeiros e empresários brasileiros para tratar da questão ambiental. No encontrou de hoje, Mourão fez questão de reforçar que o governo tem mostrado “de forma firme” à comunidade internacional e à sociedade brasileira o compromisso pelo combate às ilegalidades na região da Amazônia Legal.