Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão minimiza fala de Bolsonaro sobre usar ‘pólvora’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em mais uma tentativa de apagar o incêndio causado por declarações do presidente Jair Bolsonaro, o seu vice, Hamilton Mourão, minimizou nesta quarta-feira, 11, a fala do chefe do Executivo de que poderia usar “pólvora” para proteger a Amazônia. Segundo o general, o comentário se refere a um “aforismo antigo” e não deve causar consequências às relações com os Estados Unidos.

O vice-presidente Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

“Acho que ele se referiu a um aforismo antigo que diz que quando acaba a diplomacia entram os canhões, foi isso que ele se referiu”, afirmou Mourão na chegada à sede da vice-Presidência no Palácio do Planalto.

O governo brasileiro é um dos poucos países que ainda não se pronunciou sobre a vitória do democrata nas eleições americanas. Aliado de Donald Trump, Bolsonaro aguarda o fim das ações judiciais movidas pelo atual presidente americano, que ainda não admitiu derrota.

Sobre as consequências, Mourão disse: “Não causa nada. Isso aí tudo é figura de retórica, vamos aguardar, dê tempo ao tempo”, completou.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroHamilton MourãopólvoraEUA