Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Mourão promete a embaixadores redução em 50% do desmatamento até 2023

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O vice-presidente Hamilton Mourão saiu de uma reunião com representantes de oito países europeus nesta sexta-feira, 23, dizendo que se comprometeu e reduzir o desmatamento pela metade até 2023. O vice que comanda o Conselho da Amazônia afirmou que o governo “precisa apresentar melhores resultados”. 

o vice-presidente Hamilton Mourão

o vice-presidente Hamilton Mourão Foto: Marcos Correa/PR

“A meta de redução, nós apresentamos para eles, até chegar em 2023 com menos da metade que nós temos hoje de desmatamento, na faixa dos 4 mil quilômetros quadrados, que seriam aqueles números melhores que nós tivemos naquela década passada”, disse o vice.

Na quinta, Bolsonaro havia afirmado que os diplomatas não encontrariam “nada queimando ou sequer um hectare de selva devastada”. O encontro de hoje ocorreu no Itamaraty com representantes de países que assinaram em setembro uma carta pedindo para que o governo tome “ações reais” para combater o crescente desmatamento da Floresta Amazônica. Sete dos países são integrantes da Parceria das Declarações de Amsterdã. A carta por assinada pela Alemanha, Bélgica, Dinamarca, França, Itália, Holanda, Noruega e Reino Unido. 

Uma viagem do vice com os embaixadores com sobrevoo na região amazônica está prevista para ocorrer entre os dias 4 e 6 de novembro.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também participaram do encontro. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não esteve presente pois estava em uma audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF).

Tudo o que sabemos sobre:

Hamilton MourãodesmatamentoAmazônia