Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão quer diálogo com outros países independentemente da ‘orientação ideológica’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O vice-presidente Hamilton Mourão defendeu o diálogo do governo brasileiro com todos os seus parceiros econômicos, durante evento online da Federação das Câmaras de Comércio Exterior, nesta quinta-feira, 27.

“Nós temos de ter em mente muito mais os interesses do Brasil. E os interesses do Brasil hoje são aqueles que vão permitir o bem-estar do nosso povo e a alavancagem econômica”, diz o general.

O comentário vem na esteira dos últimos atritos do presidente Jair Bolsonaro com o maior parceiro econômico do País, o governo chinês.

Hamilton Mourão em evento online sobre o futuro econômico do Brasil Foto: Reprodução

Mourão defende um protagonismo do Brasil nas negociações, argumentando que é um novo momento para o mundo e que o País tem que “se apresentar para o jogo nessa hora”.

O vice-presidente cita o Ministério de Relações Exteriores e a Secretaria de Comércio Exterior como responsáveis por essa movimentação. Segundo Mourão, o Brasil está buscando mercados do “mundo árabe” e que a África do Século XXI deve ser olhada com atenção também.

O vice-presidente também citou o BRICS, fazendo menção especial aos mercados chinês e indiano. “Nós temos de estar prontos, atentos e avançando nessa direção sem preconceitos. O único preconceito que nós temos de ter é em relação a não prejudicar o nosso País e a nossa população”, finalizou Mourão.