Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão sobre citação a Bolsonaro: ‘Perturba o andamento do serviço’

Equipe BR Político

Para o presidente em exercício, Hamilton Mourão, o envolvimento do nome do presidente Jair Bolsonaro na investigação sobre a assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL) não tem poder de derrubar o governo, mas perturba o “andamento do serviço”.

“Não dá pra derrubar o governo dessa forma, mas que perturba o andamento do serviço, como se diz na linguagem militar, perturba”, declarou Mourão nesta quarta-feira, 30.

Na avaliação de Mourão, o depoimento é muito fraco. “Acho que não era o caso de ter feito escândalo todo que foi feito”, afirmou. Ele cobrou ainda que a investigação seja feita “de forma correta” pela polícia do Rio de Janeiro. “Esse inquérito está sendo conduzido lá pela polícia do Rio de Janeiro. A gente sabe que a polícia do Rio, parte dela, está envolvida nesse crime”, disse Mourão.

Segundo o presidente em exercício, a reação de Bolsonaro foi condizente à notícia revelada pelo Jornal Nacional. “Quando a pessoa é atingida de forma desleal, e sabe muito bem que não tem nada a ver com o processo, a pessoa se sente triste. Sente-se enraivecida. Acho que o presidente reagiu com bastante calma até”, disse Mourão.