por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão sobre Vélez: ‘Uso de slogan é contra a lei’

Equipe BR Político

O vice-presidente Hamilton Mourão criticou o e-mail disparado pelo Ministério da Educação, sob o comando do colombiano Ricardo Vélez Rodríguez, às escolas de todo o País com pedido para que os estudantes cantem o hino nacional e leiam o slogan do governo “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”. “Foi o único problema que o ministro teve quando redigiu isso aí (o slogan). É contra a legislação. Você não pode colocar uma mensagem que não é de propaganda governamental a algo que seja ligado à propaganda”, disse ele à rádio Gaúcha, nesta manhã de terça, 26.

Segundo a advogada constitucionalista Vera Chemim, o fato pode ser considerado improbidade administrativa. “A Constituição diz que não pode constar nome, símbolo, imagem que venha caracterizar promoção pessoal de agentes públicos”, diz. Segundo ela, o funcionário público responsável pela carta pode ser responsabilizado.

Tudo o que sabemos sobre:

Hamilton MourãoMEChino