Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mourão vê atos como ‘parte do sistema democrático’

Equipe BR Político

Adotando postura bastante diferente à do presidente Jair Bolsonaro, o presidente em exercício, general Hamilton Mourão, afirmou no início da tarde desta quarta-feira, 15, que atos como os que reúnem milhares de manifestantes em todo o País contra o bloqueio de verbas na Educação fazem parte do sistema democrático e, desde que sejam pacíficos, são um meio para “quem se sente inconformado” apresentar o seu protesto, segundo O Globo.

“A manifestação faz parte do sistema democrático, desde que seja pacífica, ordeira e não limite o direito de ir e vir das outras pessoas, é uma forma que aqueles que se sentem inconformados têm de apresentar o seu protesto. Então, normal”, disse Mourão a jornalistas, na saída do gabinete da Vice-Presidência, no Palácio do Planalto. O presidente em exercício também afirmou que não se trata de cortes, mas sim de contingenciamento, e que o governo pode melhorar a comunicação a respeito da medida. “Nós temos falhado na nossa comunicação, e agora é uma oportunidade, lá dentro do Congresso, que o ministro vai ter para explicar isso tudo”, afirmou.