Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MP retoma investigação sobre Flávio Bolsonaro

Equipe BR Político

O Ministério Público do Rio de Janeiro vai retomar, após quatro meses sob suspensão, as investigação contra o senador Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O filho do presidente Jair Bolsonaro e seu ex-auxiliar são suspeitos de cometer os crimes de lavagem de dinheiro e peculato (desvio de dinheiro público) no período em que Flávio era deputado estadual na Alerj. O caso Queiroz foi uma das mais de 900 investigações que ficaram paralisadas após decisão do presidente do Supremo, Dias Toffoli.

Foto: Reprodução

Há um ano, o Estadão revelou que o PM Fabrício Queiroz tivera em conta movimentações financeiras de R$ 1,2 milhão, atípicas e incompatíveis com seus ganhos. A investigação pôde ser retomada após o STF decidir pela legalidade do compartilhamento de informações fiscais e bancárias por órgãos de controle com o MP. O parlamentar alegava ilegalidade e perseguição política na ação.