Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MP-RJ faz operação contra acusados de fraudar compra de respiradores

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), 7, cumpre, na manhã desta quinta-feira, 7, cinco mandados de prisão contra acusados de integrar uma organização criminosa envolvida na compra de respiradores pelo Estado. Além das prisões preventivas, 13 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em endereços da capital fluminense. A operação foi batizada de Mercadores do Caos, informou o Estadão.

Operação foi batizada de Mercadores do Caos

Operação foi batizada de Mercadores do Caos Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O grupo teria se organizado para obter vantagens em contratos emergenciais. No mês passado, o MP chegou a afirmar que havia indícios de um superfaturamento de cerca de R$ 4,9 milhões, já que 50 respiradores tinham sido comprados por R$ 9,9 milhões, preço que seria o dobro do valor de mercado.

Os equipamentos foram comprados junto à empresa A2A Comércio Serviços e Representações LTDA, que, segundo os investigadores, não é especializada na área. Cada equipamento custou R$ 198 mil, “mais que o dobro de seu preço no mercado brasileiro”.