Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MP-RJ recomenda lockdown para Estado e capital do RJ

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) recomendou que o governo do

e a do Rio de Janeiro adotem “novas medidas de recrudescimento ao isolamento social”, incluindo lockdown, para atividades não essenciais e para evitar a circulação de pessoas nas regiões mais críticas da pandemia. A recomendação foi feita por meio da Força Tarefa de Enfrentamento à Covid-19 e da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Cidadania da Capital.

MP do Rio de Janeiro recomendou que o governo do Estado e a prefeitura adotem 'novas medidas de recrudescimento ao isolamento social'

MP do Rio recomendou que o governo do Estado e a prefeitura adotem ‘novas medidas de recrudescimento ao isolamento social’ Foto: Wilton Junior/Estadão

Os documentos encaminhados aos governos estadual e municipal têm data de quarta-feira, 13, mas foram divulgados hoje pelo órgão. O Ministério Público baseou-se em “estudos técnicos sustentados em evidências científicas e em análises sobre as informações estratégicas em saúde, vigilância sanitária e epidemiológica, mobilidade urbana, segurança pública e assistência social” para fazer a recomendação.

“O MPRJ recomenda que seja editado um decreto, para vigorar pelo prazo de 15 dias (renováveis), com base em estudos técnicos elaborados pelo Estado e o município, bem como os da Fiocruz, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF), da Sociedade de Infectologia do Rio, do Conselho Nacional de Saúde entre outros, levando em consideração a análise de dados e peculiaridades econômicas, sociais, geográficas, políticas e culturais, respectivamente, do Estado e do município”, diz o ofício.

De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, feita ontem, o Estado do Rio de Janeiro registra 18.728 casos confirmados e 2.050 óbitos pela covid-19. Na semana passada, em resposta ao MP-RJ, o governador Wilson Witzel (PSC) afirmou que a adoção do lockdown estava em estudo pelo governo estadual.