Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MPF: ‘Temer tinha poupança de propina quase vitalícia’

Equipe BR Político

No documento que subsidia a Justiça a pedir a prisão de Michel Temer (MDB), nesta quinta, 21, os procuradores do Ministério Público Federal afirmam que o ex-presidente era beneficiário de uma “poupança de propina” quase “vitalícia”.

“O modus operandi utilizado pela organização criminosa para acertar o recebimento da propina ao longo de décadas, ultrapassando o período do exercício do cargo público (no caso, o de deputado federal e, depois, o de vice e de presidente da República), é um fundamento bastante para demonstrar a necessidade da prisão preventiva para interromper os delitos que permanecem ocorrendo. Isso porque há provas concretas de que Michel Temer acumulou um “crédito” de propina para receber no presente e no futuro, durante anos, já que com seus atos que beneficiaram o setor empresarial, barganhou uma “poupança de propina” com resgate quase vitalício”, diz o documento.

Tudo o que sabemos sobre:

Michel TemerMarcelo Bretas