Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Na África, 60% da população deve estar vacinada contra a covid em 2 a 3 anos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Enquanto alguns países já anunciaram o início da vacinação contra a covid-19 para as próximas semanas, a situação é bem diferente no continente africano. De acordo com a Reuters, o grupo de controle de doenças da União Africana informou nesta quinta-feira, 3, que espera vacinar 60% da população contra a covid-19 dentro dos próximos dois a três anos.

O continente tem problemas logísticos a serem superados para dar conta de imunizar a população, entre eles como manter as vacinas frias.

“Esperamos que, para que isto seja algo significativo, nosso 60% seja alcançado nos próximos dois a três anos. Deveríamos ser determinados nisto”, disse John Nkengasong, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da África. Se a previsão atrasar, o diretor tem preocupação com o que isso pode gerar na região. “Se o atraso nos levar a quatro a cinco anos, o vírus será endêmico em nossas comunidades.”

Com 1,3 bilhão de habitantes, a região é a quarta, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em número de pessoas contaminadas. Até a manhã de hoje, eram 4.184.748 casos confirmados.

 

Tudo o que sabemos sobre:

vacinaCovid-19África