Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Na contramão até do governo, Boletim Focus ainda prevê PIB de 1,48%

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O Boletim Focus do Banco Central baixou hoje sua estimativa para o PIB de 2020. Mas o resultado apresentado está completamente fora de sintonia em relação ao desastre econômico que o mundo já enfrenta por causa dos efeitos do coronavírus. Para o Focus, o Brasil crescerá 1,48% este ano, reduzindo a previsão da semana passada, que era de 1,68%.

Previsão do governo é de que o PIB aumentará 0,02%

Previsão do governo é de que o PIB aumentará 0,02% Foto: Adriano Macha/Reuters

Nem o governo trabalha mais com a hipótese de crescimento significativo neste momento. Na semana passada, a equipe econômica previu que o PIB aumentará 0,02%, o que não passou de um artifício para evitar fazer a estimativa de PIB zero, o que tem valor simbólico bastante negativo. Mas, diante da dimensão do impacto do coronavírus, zerar o crescimento ainda seria um resultado bastante positivo. O mais provável, porém, é que a economia se retraia. A estimativa de até quanto poderá chegar esse encolhimento é que ainda parece distante de eevprever, dependendo da evolução da doença e das medidas tomadas pelo governo para sua contenção.

Tudo o que sabemos sobre:

boletim focusPIBBanco Central