Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nada de incentivos e subsídios às custas da União

Equipe BR Político

Segundo o secretário executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, o governo não vai repetir os mesmos caminhos para estimular a economia adotado em governos anteriores. Pacotes com incentivos, subsídios às custas da União e proteção a determinados setores estão fora de cogitação. A nova diretriz, afirmou, é apostar no aumento da competitividade para impulsionar o crescimento. “É um novo mundo. A gente não tem dinheiro para gastar, mais benefício para dar”, afirmou o secretário ao Estadão.

Mesmo com as projeções para o crescimento do PIB em queda e o aumento na cobrança de empresários por uma agenda que vá além da reforma da Previdência, o número dois da Economia disse que a fórmula adotada no passado se esgotou.