Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nada de intervenção brasileira na Venezuela

Equipe BR Político

O Brasil pode ter reconhecido Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela, mas isso não significa que o País está disposto a entrar em um conflito. De acordo com o general Hamilton Mourão, que ocupa interinamente a presidência, não há essa possibilidade. “O Brasil não participa de intervenção, não é da nossa política externa intervir nos assuntos internos de outros países”, disse Mourão. Caso Guaidó seja preso, só restará ao presidente brasileiro a possibilidade de protestar. “Nada além disso”, afirmou o vice-presidente.

Tudo o que sabemos sobre:

General Hamilton MourãoVenezuela