Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Não é um feriado para ir à praia’, alerta secretário de Saúde de SP

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, iniciou a coletiva diária desta terça, 19, com o alerta de que o adiamento dos feriados de Corpus Christi e Consciência Negra para os dias 20 e 21 de maio não representa uma oportunidade de lazer ou viagem. “Gostaria de enfatizar que o feriado não é um feriado de lazer, é um feriado de feriado em casa. É justamente nossa obrigação, como cidadãos, colaborar para que o distanciamento social se coloque numa taxa que se compatível que seja o que a gente espera”, afirmou.

O secretário da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann

O secretário da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann Foto: Divulgação/Governo de SP

Segundo o governo estadual, as prefeituras da Baixada Santista estão alertadas para atuar contra aglomerações, principalmente em praias, onde fiscais municipais operam com motos, bicicletas e até com cachorros, como em São Vicente, para espantar os destemidos das areias e orlas. Atualmente, a interiorização da covid-19 é uma das principais ameaças ao combate da doença no Estado, e o sistema público de saúde da Baixada Santista está “quase saturado”, segundo informou Geraldo Reple, representante do Conselho de Secretários Municipais de Saúde.

“Estamos perdendo essa batalha contra o vírus. Essa é a realidade”, disse Dimas Covas, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus. “Eu não enxergo esses dias como feriado. Eu enxergo como dias de batalha, os dias mais importantes dessa batalha contra o vírus”, reforçou.

O Estado de São Paulo atingiu 5.147 óbitos em decorrência do novo coronavírus, com recorde de registros em 24h. Foram 324 novas mortes entre segunda e terça-feira. Há 65.995 pessoas infectadas oficialmente com a doença no Estado. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado é de 71,4% e, na grande São Paulo, de 88%. Há 3.659 pacientes internados em leitos de UTI e 5.902 em enfermaria em todo o Estado, entre casos confirmados e suspeitos da covid-19.