Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Não pedi para sair, fui surpreendido’, diz coronel demitido do ICMBio

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em mensagem a amigos, o coronel Homero Cerqueira, ex-presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) disse que recebeu com “espanto e indignação” a exoneração publicada nesta sexta-feira, 21, no Diário Oficial da União. “Nunca pedi para ocupar este cargo e aceitei o convite como um desafio, não pedi para sair, fui surpreendido. Foi uma missão dada e cumprida com o melhor de mim”, escreveu, segundo o Broadcast Político.

Cerqueira é ex-comandante da Polícia Militar Ambiental de São Paulo Foto: PM-SP

Em nota enviada nesta manhã pelo Ministério do Meio Ambiente ao BRP, a pasta se limitou a dizer que “a demissão faz parte do processo de reestruturação dos órgãos ambientais federais”. O coronel foi indicado ao cargo em abril de 2019, pelo próprio ministro Ricardo Salles. A relação dos dois, no entanto, vinha se desgastando nos últimos meses.

A demissão foi assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, e não determina quem será o substituto na chefia do ICMBio.

Na mensagem, Cerqueira agradece aos funcionários do ICMBio pelo empenho e afirma que dará sua “mensagem verdadeira” sobre a situação. “Finalizo está etapa fortalecido. Sigo em frente para novas missões. Família, Força e honra por um Brasil melhor”, conclui.