Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Nem eu nem meu filho somos investigados’

Equipe BR Político

Após falar bastante da questão do meio ambiente, passando pela questão indígena e pela crise em Roraima, Jair Bolsonaro deu uma leve pincelada no assunto do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, que teve uma movimentação financeira incompatível com sua renda, de acordo com relatório do Coaf. “Gostaria de destacar que eu não sou investigado. Meu filho não é investigado. Esse ex-assessor nosso será ouvido pela Justiça na semana que vem”, disse.

“Se algo estiver errado que paguemos a conta deste erro que nós não podemos comungar com o erro de ninguém. Doí no coração da gente, porque o que temos de mais firme é o combate a corrupção”, afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonarocoafFlávio Bolsonaro