Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Nenhuma família viverá com menos de um salário mínimo’

Equipe BR Político

O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), perdeu a paciência com as tentativas do PT de alongar a discussão brigando por destaques que já foram alvo de acordo. Em especial o último destaque rejeitado, que buscava manter pensão integral em todos os casos,  a aplicação das cotas por dependentes, o que poderia gerar um impacto de R$ 162 bilhões em 10 anos. “Não é questão de compensação financeira, é questão de justiça”, disse o tucano. “Desde a comissão, com a bancada das mulheres e também a evangélica foi construído um texto. Um texto que garante que cada família receberá, que não viverá com menos de um salário mínimo. Foi construído inclusive para o beneficiário. Questão de justiça é tratar daqui para frente. A mãe que tem um filho dependente não pode receber pensão como aquela que não tem filho. Quem não gostaria de pagar o dobro? Aí não paga, como o Rio de Janeiro”, disse Moreira.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Samuel MoreiraPSDBreforma da previdência