Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nervos à flor da pele

Marcelo de Moraes

O clima no Congresso hoje começou assim. Presidindo a sessão da Câmara, o deputado bolsonarista Carlos Manato (ES) provocou o petista Marcon (RS), dizendo que o número dele era o 17, se referindo a ordem de oradores que falaram antes. 17 é o número de Bolsonaro nas urnas.

Marcon se irritou com a fala e, exaltado, exigiu desculpas de Manato. O deputado capixaba disse que era uma brincadeira e Marcon reclamou mais um pouco mas deixou a história para lá. /M.M

Tudo o que sabemos sobre:

CongressosessãocâmaraMarconCarlos Manato