Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Ninguém está demitindo ninguém’, diz presidente sobre nova MP

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia após chamar governadores de “exterminadores de emprego” por adotarem medidas restritivas de circulação social em decorrência da pandemia do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro fez defesa da MP 927 que permite a suspensão de contratos de trabalho por até quatro meses durante a calamidade, que vai até o dia 31 de dezembro deste ano. “(A MP) diminui a data, tempo, do aviso prévio. Permite que se entre em férias agora, é melhor do que ser demitido”, afirmou ele nesta segunda,23. Questionado se o governo estuda liberar o seguro-desemprego para evitar que a suspensão dos contratos impacte pessoas mais vulneráveis, o presidente disse que a liberação dos recursos é “automática”. “Ninguém está demitindo ninguém”.

O presidente, Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Adriano Machado/Reuters

No Twitter, o presidente escreveu que “ao invés de serem demitidos, o governo entra com ajuda nos próximos 4 meses, até a volta normal das atividades do estabelecimento, sem que exista a demissão do empregado”.