Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Níveis de incertezas ‘reduzidos’

Equipe BR Político

Com o avanço da reforma da Previdência, os níveis de incertezas na economia diminuem, conforme escreve o colunista Celso Ming, no Estadão. “Desde já devem se acentuar duas tendências: (1) Redução dos juros internos, uma vez que o Banco Central avisou que espera pela aprovação da reforma para retomar a baixa; e (2) aumento dos investimentos, especialmente de capitais externos. Esses dois fatores devem ajudar a derrubar o dólar e a empurrar os aplicadores para investimentos em renda variável”.

O jornalista destaca ainda a “aglutinação de forças” políticas para que se chegasse até aqui com o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) aprovado, ainda que tenha ocorrido “num contexto político de ocaso do presidencialismo de coalizão e do surgimento de novo protagonismo do Congresso, mais próximo do que poderia ser chamado de espécie de parlamentarismo branco ou disfarçado”.

Tudo o que sabemos sobre:

previdência