Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

No MDB, serão ‘duas eleições’ para o Senado

Marcelo de Moraes

Se quiserem ocupar a Presidência do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) e Simone Tebet (MDB-MS) precisarão vencer “duas eleições”. A primeira é a disputa interna, o que faz com que ambos se mobilizem em busca do voto dos outros 11 colegas de bancada. A segunda é convencer os senadores dos outros partidos a lhes darem votos suficientes para chegar ao comando da Casa.

Como a eleição será na sexta-feira, isso significa que Renan e Simone precisam fazer duas campanhas simultâneas a apenas três dias da votação e sem ter sequer a certeza de que participarão da disputa. Por conta disso, o gabinete dos dois parlamentares virou um frenesi com romaria de senadores discutindo apoio. Enquanto isso, outros pré-candidatos como Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Tasso Jereissati (PSDB-CE), por exeplo, podem se dedicar apenas a pedir votos para presidir o Senado. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

RenanSimone TebetMDB