Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

No Senado, Weintraub pede aprovação da reforma

Equipe BR Político

Em relação à reforma da Previdência, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, mostrou na audiência na Comissão de Educação no Senado, nesta terça-feira, 7, que fez a lição de casa. O ministro foi enfático na defesa da Nova Previdência. Ele relacionou, inclusive, os investimentos em Educação à aprovação da PEC. “Eu acredito realmente que se a gente aprovar a reforma da Previdência, é da água para o vinho”, disse. Desde o início da tramitação da PEC no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro e os ministros têm sido bastante cobrados por não se empenharem na defesa da reforma.

“É da água para o vinho, sim. Por favor, votem na Previdência, vai mudar a realidade do Brasil, sim. Vai mudar a realidade das crianças nas escolas, sim. A gente precisa votar a Nova Previdência”, defendeu. Porém, a explicação de Weintraub de que o corte de 30% no orçamento das universidades federais pode ser revertido caso a reforma da Previdência seja aprovada não caiu bem entre alguns senadores que viram na declaração do ministro, uma clara “chantagem” pela aprovação da reforma.